PAPAGAIOS DE PIRATA – NELMON J. SILVA JR.

PAPAGAIOS DE PIRATA

PIRATE PARROTS

SILVA JR., Nelmon J.1

RESUMO: Ensaio sobre a crise brasileira.

PALAVRAS-CHAVE: Corrupção. Tolerar. Impedimento.

ABSTRACT: Essay on the Brazilian crisis.

KEYWORDS: Corruption. Tolerate. Impeachment.

Atribuir a crise midiaciário política à corrupção, soa-me raso, vez que o termo significa uma conduta humana degenerada (devassa, desmoralizante, putrefeita, …) à Lei ou costumes, praticada por qualquer cidadão, em detrimento e prejuízo alheio. Convenhamos, todos os que se dizem contrários à corrupção (minimamente) são mentirosos, afinal (num conceito amplo) qual de nós pode afirmar-se imaculado (virgem) à qualquer prática corrupta? Portanto poupem meuis ouvidos, afinal jamais foram latrinas!

O significado do verbo tolerar tem sido banalizado nesse momento histórico, senão vejamos: Parece-me lógico que se devo tolerar algo ou alguém, é porque não o(a) tolerava anteriormente; portanto, afirmo que o discurso da tolerância nasce do intolerável, seus defensores (in)consequentemente buscam degenerar (corromper) o intolerável, e portanto caracterizado está o ato corrupto. Será (realmente) crível alguém jamais haver rogado tolerância?

Ademais, julgo promíscuo deixar de reconhecer a responsabilidade exclusiva do Partido dos Trabalhadores, quanto à quitação da dívida externa brasileira junto ao FMI, ou os posteriores empréstimos financeiros realizados pelo Brasil ao FMI. Isto posto (e sob tais argumentos), os favoráveis ao acolhimento do Pedido de Impedimento (impeachment é uma palavra da língua inglesa, portanto recuso-me utilizá-la) da Excelentíssima Senhora Presidente da República praticam ato corrupto (vez que degenerado); e por certo, conflitante – inclusive linguisticamente – ao pleito.

Todo patriota favorável ao mencionado Impedimento (em regra, são aqueles que se dizem tolerantes e aversos à corrupção), são mentirosos e corruptos, e por consequência lógica são um risco ao Estado Democrático de Direitos; por essa razão justificada está minha discordância inicialmente confessada. Chegou a hora de conscientemente afastarmo-nos da medíocre posição de papagaios de pirata!

1ADVOGADO CRIMINAL ESPECIALISTA EM DIREITO (PROCESSUAL) PENAL, CIBERCRIMES E CONTRATERRORISMO; CIENTISTA E ESTUDIOSO DO DIREITO (PROCESSUAL) PENALCV Lattes: http://lattes.cnpq.br/7382506870445908

1.MANTENEDOR DOS BLOGS CIENTÍFICOS: https://ensaiosjuridicos.wordpress.com http://propriedadeintelectuallivre.wordpress.com/ https://jusbarbarie.wordpress.com/.

2. CIENTISTA COLABORADOR: Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (Portal de e-governo – BR) Glocal University Network (IT) – Universiteit Leiden (ND) – University of Maryland (US) – Comissão Européia (Direcção-Geral de Pesquisa e Inovação – UE).

3. MEMBRO: Centro de Estudios de Justicia de las Américas (CEJA – AL); Instituto de Criminologia e Política Criminal (ICPC); Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (ABRACRIM); Associação dos Advogados Criminalistas do Paraná – (APACRIMI); International Criminal Law – (ICL – EUA); National Association of Criminal Defense Lawyers (EUA); The National Consortium for the Study of Terrorism and Resposes to Terrorism (START – EUA); e International Center to Counter-Terrorism – The hague (ICCT – HOL); World Intelectual Property Organization (WIPO – ONU).

4. MEMBRO FUNDADOR: Associação Industrial e Comercial de Fogos de Artifícios do Paraná/PR; e AINCOFAPAR (Conselheiro Jurídico), Associação Bragantina de Poetas e Escritores.

5. COLABORADOR DAS SEGUINTES MÍDIAS: www.arcos.org.br www.conteudojuridico.com.br http://artigocientifico.uol.com.br http://www.academia.edu/http://pt.scribd.com/http://www.academicoo.com/ http://www.jusbrasil.com.br/http://pt.slideshare.net/http://www.freepdfz.com/, dentre outras.

6. AUTOR DOS SEGUINTES LIVROS CIENTÍFICOS: Fogos de Artifício e a Lei Penal (2012); Coletânea (2013); Propriedade Intelectual Livre (2013); e Cibercrime e Contraterrorismo (2014).

7. AUTOR DOS SEGUINTES LIVROS LITERÁRIOS: Valhala (1998); Nofretete (2001); e Copo Trincado (2002).

as-reivindicacao-mais-inacreditaveis-da-nova-direita-brasileira4

Em cidade com prefeito petista, apoiar o uso de bicicletas virou coisa de “petralha”. Quem é pró-impeachment não gosta de bicicleta.

peladona-da-manifestacao-e-analfabeta-politica1

Juliana Isen virou neocelebridade e conquistou o posto de “musa da direita” após tirar a roupa nas manifestações do dia 15/03

as-reivindicacao-mais-inacreditaveis-da-nova-direita-brasileira2

Desde os primeiros protestos da direita após a vitória de Dilma em 2014 as placas que reivindicam o ‘direito’ de sonegar impostos são cada vez mais recorrentes.

as-reivindicacao-mais-inacreditaveis-da-nova-direita-brasileira3

Na avenida Paulista, por mais de uma vez os “monarquistas” uniram-sem aos que simplesmente querem a troca da presidenta da República.

as-reivindicacao-mais-inacreditaveis-da-nova-direita-brasileira4

Na faculdade Mackenzie, em São Paulo, alguns alunos acreditam que o Brasil precisa fechar suas fronteiras contra o processo de “islamização” do país.

 

as-reivindicacao-mais-inacreditaveis-da-nova-direita-brasileira5

Para manifestantes acampados em frente a Fiesp, em São Paulo, o problema vai além da corrupção.
  • PARA TER ACESSO AO ARTIGO (FORMATO . PDF), CLIQUE SOBRE O LINK:

PAPAGAIOS DE PIRATA

 

 

 

 

_____

IMAGENS E LEGANDAS: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/04/as-reivindicacao-mais-inacreditaveis-da-nova-direita-brasileira.html; http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/03/a-peladona-da-manifestacao-e-analfabeta-politica.html