O “INCRÍVEL” BRASIL DOS ESTUPROS

promotor-de-justica-exibe-a-arma-usada-pelo-jornalista-agnaldo-ferreira-goncalves-que-aparece-ao-fundo-de-camisa-condenado-a-14-anos-de-prisao-por-matar-uma-crianca-durante-uma-discussao-de-transito-em-1322603283870_300x230

Promotor de Justiça exibe a arma usada pelo jornalista Agnaldo Ferreira Gonçalves (que aparece ao fundo, de camisa), condenado a 14 anos de prisão. Fonte: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2011/11/29/jornalista-que-matou-crianca-durante-discussao-de-transito-e-condenado-a-14-anos-de-prisao.htm

_______

Inacreditavelmente no Brasil, juízes e promotores de justiça parecem ter perdido a noção do ridículo, ao acreditarem em que tudo podem. Um promotor de justiça contesta publicamente decisão do STF (STF vai legalizar “profissão de traficante”); e outro, sobre o crime de estupro coletivo, afirma que o marginal que pratica o ato da conjunção carnal “fica com a melhor parte, dependendo da vítima”.

Por falar nisso, o deputado federal Jair Bolsonaro vira réu no STF por apologia ao estupro.

As imagens mostram a prática criminosa dessa desembargadora, contra um menino de 12 anos:

 

Esses são alguns E-S-T-U-P-R-O-S

cometidos contra o Brasil!!!